quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Quando é que interiorizamos o espírito natalício em pleno?




Quando gastamos o primeiro montante de euros e nos arrependemos mal saimos da loja (by the way, eu tinha jurado o ano passado que a fantochada das prendas ia levar redução drástica. Ups...não vejo nada por enquanto).



P.Sawyer*

1 comentário:

  1. Eu só compro uma prenda, enquanto não trabalhar não há mais

    ResponderEliminar